Presidente da Abralog participa de painel em Paris durante evento da SITL

Presidente da Abralog participa de painel em Paris durante evento da SITL

O presidente da Abralog, Pedro Moreira, participou nesta quarta-feira, 6.4.2022, em Paris, do painel “Warehouse as Powerbank”, durante a Semana de Inovação em Transporte e Logística, a SITL, um dos mais importantes e prestigiados eventos da logística mundial.

A Abralog atendeu a convite da Afilog, a Associação de Logística da França, com quem mantém intercâmbio regular. Pedro Moreira fez apresentação sobre o momento da logística brasileira, projetando cenários futuros e oportunidades.

Ele mostrou números brasileiros do setor, deu ênfase à vocação multimodal do País, mostrando-se otimista em relação à infraestrutura, área em que há em curso robusto programa de investimentos e concessões. Na foto, o presidente da Abralog está ladeado por Thomas Steinmüller, diretor da Afilog, e Jonathan Legal, especialista da empresa Engine Axima

 “A matriz brasileira de transporte concentra-se 61,1% nas rodovias; 20,7% em ferrovias; 13,6% por hidrovias; 4,2% estão no pipeline; e 0,4% no aéreo. das vias aéreas. Nos últimos anos o Ministério da Infraestrutura vem mudando esse cenário: US$ 20 bilhões estão sendo investidos, e em breve o Brasil poderá exercitar na prática a sua vocação multimodal”.

O presidente da Associação Brasileira de Logística registrou em sua palestra o crescimento do e-commerce (quase triplicou de tamanho entre 2019 e 2021, e hoje já representa 14% do comércio brasileiro), apontou a relevância do segmento de Real Estate (cresceu 16% no ano passado), e deu especial importância à agenda ESG, quando falou de energias renováveis e powerbank em logística, o tema do painel.

“ As empresas brasileiras têm manifestado grande preocupação e interesse na agenda ESG, avançando na discussão de práticas sustentáveis nas operações logísticas, como combustíveis alternativos, energia eólica, energia solar e o “Warehouse as Powerbank”, uma tendência que se intensificará nos próximos anos”, disse Pedro Moreira.

Artigos relacionados

Deixa um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *