Mercado de galpões Classe A da região de Guarulhos ganha relevância

Mercado de galpões Classe A da região de Guarulhos ganha relevância

O terceiro capítulo da série Galpões Logísticos Classe A do Brasil, realização do Comitê de Real Estate da Abralog, apresenta a região de Guarulhos, 3º maior mercadodo Estado de São Paulo.

Segundo Abiner de Oliveira, um dos coordenadores do Comitê de Real Estate da Abralog, e diretor Comercial da Colliers International, Guarulhos é também o 3º na lista de menores vacâncias, e, comparado aos submergidos da Grande São Paulo, ocupa o 2º posto entre os que têm menor oferta.

“Em 2020 foi responsável por uma absorção bruta de 241 mil m², e líquida de 167 mil m². A região atravessa grande fase e cada vez ganha mais destaque”, diz Oliveira. 

Atualmente, há apenas 56 mil m² vagos nesse submergido, o que ajudam a impulsionar os preços, que devem atingir ao final deste ano a casa dos R$ 21,00/m², como preço médio, com potencial para chegar ao patamar de R$ 23,00/m². “Quando projetamos mais à frente, os preços podem atingir 24,00/m², entre os próximos 18 a 24 meses”, diz o especialista. 
Ainda segundo Abiner Oliveira, o estoque futuro de 2021, que é de 276 mil m², fará com a taxa de vacância aumente alguns pontos percentuais, mas ainda em um ambiente de equilíbrio, portanto saudável, na opinião de Oliveira. 

Para 2022 o estoque previsto é menor, por volta de 133 mil m². Para o coordenador do Comitê de Real Estate da Abralog, se confirmado esse cenário otimista, a oferta estará abaixo de 5% e o preço pedido na ordem dos R$ 24,00/m².

“Guarulhos tende a ter bons trimestres até de 2023, com oferta controlada, preços em elevação e ganhando mais visibilidade no setor”, avalia Abiner Oliveira.

Artigos relacionados

Deixa um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *