Emergent Cold LatAm chega ao Brasil e prepara novas aquisições

Emergent Cold LatAm chega ao Brasil e prepara novas aquisições

Com compras de empresas e a construção de unidades próprias, companhia registra rápido crescimento na cadeia de frio e deve conquistar a liderança na América Latina em 2022

Como parte da estratégia para se tornar a empresa líder na América Latina em armazenamento a frio em 2022, a Emergent Cold LatAm, companhia que mais cresceu em 2021 no setor, anuncia sua chegada oficial ao Brasil. A empresa, que incorporou recentemente duas empresas líderes no país em seus setores (DMX Logística e Martini Meat), anuncia agora novos projetos de expansão. Essas ações se desenvolvem por meio de recursos próprios e de levantamentos de capital (US$ 450 milhões em 2021, com previsão de nova captação ainda no primeiro semestre deste ano).

Fundada em 2021, a Emergent Cold LatAm já é a quarta maior empresa de armazenamento a frio da América Latina e está construindo a maior e mais moderna rede de logística frigorificada da região. “Temos um plano arrojado de crescimento, por meio de novas aquisições e construção de novos armazéns.  Queremos ser líderes na América Latina, servindo nossos clientes com soluções integradas na cadeia de frio, seja na América Latina bem como no resto do mundo, por meio da nossa parceria com a Lineage Logistics, maior empresa do mundo no setor”, afirma David Palfenier, presidente da Emergent Cold LatAm. “Queremos prestar serviços a nossos clientes nos principais centros urbanos da América Latina, nos principais portos da região e em destino, via parceria com a Lineage Logistics”, completa o executivo.

Com armazéns modernos e estrategicamente localizados, a companhia busca suprir a necessidade de soluções modernas para atender à crescente demanda dos clientes no comércio regional e global, com destaque para o setor de alimentos. “Estamos crescendo por meio da aquisição dos líderes de mercado em cada região, porém, muitas vezes isso não é possível.  Nestes casos optamos por construir nossos próprios armazéns.  Temos planos de estar em ao menos 12 países da América Latina”, explica Palfenier.

Aquisições em ritmo acelerado

E esses objetivos estão se concretizando rapidamente. A entrada da Emergent Cold LatAm na América Latina ocorreu há apenas dez meses, quando incorporou a Emergent Cold Piura, no Peru, em agosto de 2021, e estabeleceu as bases para a sua atuação na região. Um mês depois, foi anunciada a aquisição da Galores Cold Storage, no Panamá, a maior unidade de armazenagem a frio da América Central e do Caribe, com mais de 20.000 posições de paletes. Logo em seguida a Emergent Cold LatAm comprou a Frio Pacífico, principal empresa da cadeia de frio do Chile, com mais de 47.000 posições de paletes em três instalações localizadas em Talcahuano e San Pedro de la Paz.

No Brasil, a Emergent Cold LatAm fez seu primeiro investimento no final do ano passado, quando adquiriu a DMX Logística, que tem sede em Itajaí (SC), cinco filiais e 11 bases operacionais para atender o setor de proteína animal nos principais portos frigorificados da Região Sul no país. Com mais de 200 funcionários, a DMX Logística opera uma moderna frota de mais de 400 caminhões e reboques em 13 localidades e seus serviços cobrem ferrovias, transporte por cabotagem e outros modais.

Logo em seguida a Emergent Cold LatAm comprou a Martini Meat, uma das empresas líderes do mercado de serviços de armazenagem frigorificada, logística e valor agregado para importação e exportação de alimentos no país, com instalações nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A Martini Meat tem 400 funcionários e opera uma rede com 74.000 posições de paletes e terminais de contêineres com conexões refrigeradas, em áreas que somam 69 mil m2.   A sinergia com a DMX já floresce com os clientes exportadores.

Em 2022, a Emergent Cold LatAm iniciou a construção de novas instalações nos portos de Caucedo, na República Dominicana, Duran, no Equador e em Lima no Peru, em parceria com a DP World.  Mais recentemente a empresa anunciou a aquisição da Frigometro, líder na Colômbia com 29.000 paletes em quatro cidades, seguida da aquisição da Polo Logístico de Frío em Montevidéu no Uruguai com 5.000 posições de paletes – e há duas semanas anunciou a aquisição da Bodegas Frías, empresa líder na Guatemala com 20.000 posições de paletes em três armazéns.  Com isso, a companhia estabeleceu sua presença em nove países latino-americanos – Brasil, Uruguai, Chile, Equador, Peru, Colômbia, Panamá, República Dominicana e Guatemala.

O projeto de expansão segue em frente e outros negócios já se encontram em processo de diligência em diferentes países: “Temos planos para entrar em novos mercados como México, Porto Rico e Costa Rica, além de novas aquisições e construções nos mercados que já operamos”, adianta Palfenier.

“Mas o que mais nos entusiasma é o crescimento acelerado e as melhorias de eficiência que já estamos observando nas empresas uma vez dentro da ECLA, em poucos meses.  Isso comprova que o nosso modelo de gestão ’Emergent Way’, lapidado durante os últimos oito anos nas nossas jornadas anteriores, faz a diferença para os clientes, independente de mercado ou commodity.  Essa será a grande contribuição da Emergent Cold LatAm, melhorar os serviços”, frisou Palfenier.

O mercado brasileiro tem importância especial para a companhia, por ser o maior da América Latina, com grande potencial de crescimento e demanda latente por bons operadores, capazes de atender as múltiplas necessidades da cadeia de frio em todo seu imenso território.

A Emergent Cold LatAm

A Emergent Cold Latin America (www.emergentcoldlatam.com) está construindo uma rede de armazenamento refrigerado de classe mundial e completa para fornecer soluções logísticas integradas para alimentos em temperatura controlada para clientes em toda a América Latina. A companhia foi fundada para atender à necessidade de soluções modernas na cadeia de frio e à crescente demanda de clientes no comércio interno e externo.

Fotos: Divulgação

Artigos relacionados

Deixa um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *