BYD monta força-tarefa para atender demandas do Plano Safra

BYD monta força-tarefa para atender demandas do Plano Safra

Digiqole ad

O Governo Federal brasileiro lançou o Plano Safra 2021/2022. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o Plano Safra é um grande fomentador do desenvolvimento agropecuário em bases sustentáveis, pois incentiva a modernização tecnológica e a aplicação das melhores práticas no campo.

Neste ciclo 2021/22, o Plano Safra ficou ainda mais verde, com o fortalecimento do Programa ABC, Inovagro e Proirriga, abrangendo o financiamento à produção de bioinsumos, de energia renovável e à adoção de práticas conservacionistas de uso, manejo e proteção dos recursos naturais e agricultura irrigada.

A BYD, a maior fabricante de módulos fotovoltaicos do Brasil, dará suporte para auxiliar no cadastro de instaladores e distribuidores que estiverem buscando oportunidades com pequenos, médios e grandes produtores que desejam utilizar a energia renovável em seus negócios. “A BYD possui fabricação nacional com todos os módulos incluídos no Finame. Portanto o Plano Safra é um importante estimulador. O agronegócio, que já é um grande utilizador da energia fotovoltaica no Brasil, certamente crescerá ainda mais.”, explica Adalberto Maluf, Diretor de Marketing e Sustentabilidade.

A força-tarefa montada pela fabricante, que já atua em conjunto com o BNDES/Finame, têm o intuito de atender e orientar como os instaladores e distribuidores podem se cadastrar e atuar cada vez mais próximos a este segmento, incrementando o portfólio de atuação do setor de energias renováveis e gerando ainda mais oportunidades de negócios.

“Estamos impressionados com a velocidade que o BNDES tem atendido as demandas do setor de energias renováveis através do Finame. O agronegócio é um dos principais pilares da economia no Brasil e ao somarmos a força da geração fotovoltaica junto aos produtores rurais, tenho certeza de que todos colherão ótimos frutos.”, reforça Marcelo Taborda, gerente comercial.

Para os agricultores que estiverem interessados em adquirir o sistema de geração de energia solar fotovoltaica, basta buscar um instalador em sua região e solicitar o financiamento do Finame com os produtos da BYD. A empresa possui distribuidores parceiros localizados em todo o Brasil e disponibiliza o e-mail vendas@byd.com para o esclarecimento de dúvidas.

A BYD – A BYD foi por quatro anos consecutivos (de 2015 a 2018) a maior fabricante global de baterias de lítio-ferro e de veículos elétricos e plug-in. A empresa está presente nos seis continentes, com veículos operando em mais de 300 cidades de 50 países. Superando 220 mil funcionários distribuídos em mais de 30 fábricas ao redor do globo (sendo 20 mil engenheiros pesquisadores que já desenvolveram acima de 24 mil patentes). A BYD é ainda a segunda maior fornecedora de componentes para celulares, tablets e laptops no mundo. Em 2019, a empresa alcançou a terceira posição entre as companhias que estão mudando o mundo para melhor, “Change The World”, da Revista Fortune, e, em 2016, ganhou o prêmio Zero Emission Eco system da ONU, entre outros prêmios internacionais.

No Brasil, a BYD abriu sua primeira fábrica em 2015 para produção de chassis de ônibus elétricos e comercialização de veículos e empilhadeiras em Campinas, interior de São Paulo. Em abril de 2017, inaugurou sua segunda planta, para produção de módulos fotovoltaicos, consolidando-se como uma das líderes desse importante mercado no Brasil. Em 2020, a BYD iniciou a operação de sua terceira planta fabril no País, em Manaus, para a produção de baterias. A BYD também é responsável por dois projetos de SkyRail (monotrilho) no país: Em Salvador, com o VLT do Subúrbio, e na cidade de São Paulo, com a Linha 17 – Ouro. A BYD Brasil emprega 500 funcionários nas cidades de Campinas, São Paulo, Salvador, Manaus, Vitória, Curitiba e Rio de Janeiro. Em abril de 2021, a BYD Brasil passou a integrar o Pacto Global, iniciativa da Nações Unidas (ONU) para mobilizar a comunidade empresarial na adoção e promoção, em suas práticas de negócios, de Dez Princípios universalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e combate à corrupção.

Artigos relacionados

Deixa um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *